Em que estágio está a sua empresa e a sua Família?

Os 3 estágios de uma Empresa e de uma Família de sucesso

O principal objetivo de todo negócio deveria ser proporcionar prosperidade e abundância, de tempo e de recursos, a seus fundadores e as futuras gerações, ou seja, deixar um legado de qualidade de vida, história e patrimônio para si e para os que vierem a sucedê-lo.

Mas não é isso que acontece muitas vezes não é mesmo?


O que acontece é que muitas empresas não crescem na medida que poderiam, acabam sugando horas e mais horas de seus fundadores, subtraindo energia e qualidade de tempo que outras áreas da vida também são importantes, como por exemplo família, momentos de lazer, e etc.

Outro dia ouvi do filho de um empresário, que ele achava que a empresa dos pais, era o verdadeiro filho deles, o filho mais amado, que eles amavam mais a empresa que o próprio filho.

Imagine como pensamentos e sentimentos como estes podem impactar os Herdeiros e possíveis Sucessores?

As empresas assim como as famílias passam por ciclos, pensando em um negócio existem basicamente 3 momentos importantes que uma empresa de sucesso deve passar.

Todas passam pelo primeiro momento, algumas chegam ao segundo e poucas chegam ao terceiro estágio.

Os 3 estágios

O 1º estágio - é o dono-gerente, onde os fundadores tem que alternar tempo em atividades operacionais e táticas, ou seja, vende, produz, entrega, controla, etc.
Nesta fase o foco principal está em estabelecer uma receita sustentável e previsível que de sustentabilidade ao crescimento da empresa. A energia exigida nessa fase inicial é normalmente assombrosa, e muitas empresas e famílias não saem deste estágio por 4 aspectos importantes:

- Não conseguir aumentar seus lucros de forma constante;
- Não criar sistemas que liberam os fundadores da operação; 
- Crenças que os limitam;
- Pessoas realmente capacitadas para delegar responsabilidades.

O 2º estágio - é a fase de transição do 1º estágio para o 2º estágio, o de expansão e crescimento, algumas empresas conseguem chegar nessa fase alguns anos depois de sua fundação, outras não.
Esta etapa requer dos fundadores capacidade de solucionar com rapidez e eficácia os desafios organizacionais e estratégicos, apresentados pelo crescimento e complexidade que a empresa está tomando. Nessa fase o nível de energia, tempo e stress com investimentos, pessoas e processo é grande, e se não for devidamente administrada impactam os relacionamentos, na saúde e na qualidade de vida dos fundadores, sejam eles familiares ou não, sem falar no futuro da empresa.

o 3º estágio - é a fase da Maturidade onde a empresa, seja ela familiar ou não, estabeleceram uma boa reputação no mercado, cresceram apesar de todos os desafios, tem um fluxo de caixa mais previsível e recorrente, pessoas mais capacitadas e uma liderança mais assertiva, sistemas que proporcionam aos fundadores mais liberdade.
Nessa fase é importante continuar ouvindo o mercado, inovando, aprimorando a gestão e formando pessoas. 

Em todos os 3 estágios é importante ter em mente o que realmente se deseja para este patrimônio que se está construindo, qual é o legado que você deseja deixar, pois um legado não se constrói do dia para a noite, e nem se passa o bastão de qualquer forma.

Você quer deixar um legado realmente de valor?

https://adamnockel.com.br/empresas-familiares

Aqui fica o conteúdo do Post...Aceita HTML, portanto você pode montar o conteúdo do jeito que quiser!!!

#htmlPersonalizado#